Revista Científica Digital Regnellea Scientia


Categoria: 
Conservação
Pesquisa
Educação Ambiental

Boletim Departamento Técnico-Científico


Categoria: 
Conservação
Pesquisa
Educação Ambiental

JARDIM BOTÂNICO E PUC FORMALIZAM ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA

 

A Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas (FJBPC) e a PUC Minas, campus Poços, celebraram acordo de cooperação para pesquisa e desenvolvimento científico e tecnológico entre si. A solenidade para formalização do acordo aconteceu na quinta, 14, às 10h, na sede da FJBPC, localizada à rua Paulo de Oliveira, 320, bairro Véu das Noivas.

O evento contou com a presença do prefeito Sérgio Azevedo, do presidente da FJBPC, Valdir Sementile, além do pró-reitor Iran Calixto Abrão , representando a PUC Poços. O acordo de cooperação tem por objetivo estabelecer e regulamentar as bases de uma cooperação técnico-científica entre as partes, visando ao aprimoramento técnico nas duas instituições, e a ampla cooperação e intercâmbio científico e tecnológico, para execução de atividades de pesquisa e desenvolvimento, capacitação de recursos humanos e absorção e transferência de tecnologia.

As pesquisas desenvolvidas durante os dois anos da vigência do acordo serão pautadas por um Plano de Trabalho , acompanhado por um Comitê de Projeto. Trata-se de uma parceria bem ampla, aberta a todos os cursos da PUC. “Porém inicialmente, estão envolvidos os cursos de Engenharia Elétrica, com projeto de irrigação para o Jardim Botânico, o curso de Medicina Veterinária, com projeto de piscicultura e também de apicultura e o curso de Medicina, no qual os alunos terão acesso aos princípios fitoterápicos e poderão aplicar este conhecimento nas Unidades Básicas de Saúde, futuramente. Queremos também deixar as portas abertas da universidade, para os pesquisadores da FJBPC”, informa o pró-reitor Iran Calixto.

O prefeito Sérgio Azevedo ressaltou, durante a solenidade, o ótimo trabalho desenvolvido na FJBPC, mesmo na época de crise financeira pela qual o município passa. Destacou também a excelência dos profissionais e alunos da PUC campus Poços. “Acredito que este sistema de parceria seja o ideal para desenvolvermos pesquisas importantes tanto para o municipio, quanto para as instituições de ensino. Todos saem ganhando. Contem sempre com o meu apoio para seus projetos”.

A solenidade contou com a presença de secretários municipais, do diretor administrativo da FJBPC, Sebastião Ferreira, do presidente do Conselho Curador da FJBPC, João Neves Toledo, coordenadores de cursos da PUC Poços, funcionários e estagiários da FJBPC e parceiros. Além do termo de cooperação, também foi assinado um Termo de Doação de cinco microscópios , pela PUC para a FJBPC , que serão utilizados no projeto de Educação Ambiental dentro da fundação.

            

 

             

Categoria: 
Pesquisa

Bióloga doa coleção de quadros a Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas

 

Bióloga e Ilustradora mineira, Rosane de Souza Dias preparou exposição de desenhos botânicos e aquarelas para a primavera em Poços de Caldas e doa coleção de quadros para exposição permanente no Jardim Botânico de Poços de Caldas.

                A paisagem natural sul mineira, com suas estradas de ferro e as vegetações à beira dos rios e caminhos de terra batida, faz parte da memória imagética da ilustradora Rosane Souza Dias. Há dois anos, depois de mais de 40 anos vivendo entre outras paisagens, a artista retorna à Poços de Caldas e dedica sua primeira exposição individual em terras mineiras às flores que colorem as ruas e os bairros da cidade.

Em 2018 Rosane iniciou um trabalho de pesquisa e levantamento da flora urbana de Poços de Caldas, que inspirou uma série que retrata seis espécies florais características dessa cidade mineira. Com o patrocínio do DME e o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, o projeto Floradas Urbanas reunirá em uma exposição, um conjunto de doze obras, produzidas em ilustração científica e aquarela.

“As flores são uma das principais referências da memória imagética dos moradores de Poços de Caldas, da mesma forma que fazem parte das lembranças das pessoas que visitam nossa cidade", destacou a ilustradora, reforçando ainda que "essa exposição servirá para despertar um olhar mais sensível e detalhista das pessoas para as cores e formas que brotam e crescem entre o concreto e o asfalto da cidade"

Entre as espécies que inspiram a ilustradora Rosane Dias, estão flores conhecidas e populares, como o jacarandá mimoso (Jacaranda mimosifolia) e o bouganville (Bougainvillea sp), além de outras que muitas vezes passam despercebidas pelos olhares cotidianos, como a bisnagueira (Spathodea campanulata).

                A exposição Floradas Urbanas tem sua abertura prevista para o dia 21 de setembro de 2018, primeiro dia da primavera, e ficará até o dia 21 de outubro na galeria do Museu Histórico Geográfico de Poços de Caldas. As obras serão doadas para o acervo do Jardim Botânico de Poços de Caldas. É uma realização do Artemísia Ateliê Escola, com a produção e assessoria da Cultivo Projetos e Soluções Criativas. 

Sobre Rosane de Souza Dias'

Nascida em Bom Jardim de Minas, Rosane mergulhou no mundo da ilustração cientifica durante sua formação em Biologia, realizada no Tocantins na década de 90, em meio às cores vivas e formas desconcertantes do baixo cerrado brasileiro. "Sempre desenhei tudo que via, desde a infância, mas na faculdade descobri nos registros das pesquisas e saídas à campo, uma forma de expressar essa vocação", lembra a ilustradora.

Atualmente Rosane Dias dirige o Artemísia Ateliê Escola, em Poços de Caldas, onde concentra seu trabalho de pesquisa e produção artística.

Pesquisa Desenvolvida na Fundação Jardim Botânico

  “Os fungos são um grupo biológico de difícil estudo e, portanto são muitas das vezes negligenciados pelos pesquisadores” diz Filipe Pagin Cláudio, graduando em ciências biológicas, vinculado a Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas há aproximadamente dois anos. Filipe completa dizendo que: Estes organismos estão presentes no planeta Terra a milhões de anos exercendo papéis ecológicos que os transfiguram em componentes essenciais da biota, sendo responsáveis por integrar os mais diversos ecossistemas auxiliando no fluxo de matéria e de energia. Além da incomensurável contribuição aos sistemas naturais estes também o são para os sistemas socioeconômicos, pois podem ser empregados como ferramentas biotecnológicas de substancial importância, tendo aplicação nas áreas da gastronomia, da farmacologia e da biorremediação, bem como, na produção de pigmentos e vestuários por exemplo. Caso você tenha interesse em conhecer um pouco da atual pesquisa que já vem sendo desenvolvida há oito meses na Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas confira a matéria de capa do segundo boletim oficial no link:

.http://jardimbotanico.pocosdecaldas.mg.gov.br/sites/default/files/imagens/noticias/BOLETIM%20TECNICO%2002.pdf

OBS- Se você é estudante e tem interesse na área ambiental, principalmente aquela direcionada a biologia vegetal e a micologia, compareça até a Fundação e podemos ver a possibilidade de estágios. Também para aqueles estudantes, ou profissionais interessados em conhecer a coleção micológica agende sua visita técnica no herbário Anders Fredrik Regnell, entrando em contato no e-mail

Fotos: Filipe Pagin Cláudio / Daniel Bernardes B. Silva. 

Categoria: 
Pesquisa

Valid XHTML 1.0 StrictCSS válido!