JARDIM BOTÂNICO RECEBE FUNDADOR EMÉRITO

Lindolpho de Carvalho Dias visitou as instalações e conversou com presidente da instituição

Na última semana, a Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas (FJBPC), instituição de administração indireta da prefeitura do município Sul-mineiro, recebeu a visita de seu mentor intelectual, o engenheiro, matemático e cientista Lindolpho de Carvalho Dias. O convite se deu através do contato da engenheira agrônoma da Prefeitura, Regina Vilela, e o presidente da instituição, Jorge Jabur.

Em 2001, como diretor da Escola Nacional de Botânica Tropical do Jardim Botânico do Rio de Janeiro se tornou o idealizador do Jardim Botânico de Poços de Caldas, apresentando esta ideia à Prefeitura local e desencadeando as ações para criação e implantação do Jardim Botânico como uma instituição de pesquisa e conservação da flora do Planalto de Poços de Caldas.

Dr. Lindolpho, nascido em Poços de Caldas e atualmente residindo no Rio de Janeiro, onde trabalha no Conselho Diretor da Fundação Getúlio Vargas, em suas férias de início de ano sempre retorna à cidade natal e expressa o desejo de acompanhar o desenvolvimento do Jardim Botânico que ajudou a idealizar.

Não diferente, este ano, após contato com o presidente da instituição, o cientista esteve reunido para tomar ciência do andamento dos trabalhos na área física e científica do Jardim Botânico de Poços de Caldas.

Com disposição e muitas histórias a apresentar, durante a visita comentou sobre o desenvolvimento do Jardim Botânico, contou que o local está em constante mudança e sempre mudanças positivas. Desde sua última vinda, em 2015, pôde observar também os visitantes que estavam conhecendo as estufas no momento e analisou sobre a importância da população conhecer locais de preservação da natureza, também pode ver as obras que estão sendo realizadas para melhorias da instituição.

A conversa com o presidente da FJBPC, Jorge Jabur, prosseguiu na biblioteca que traz seu nome, uma singela homenagem ao fundador emérito. Jabur compartilhou com o visitante ilustre o desejo da existência do Plano de Cargos e Salários, para haver uma equipe formada por concursados, evitando as constantes preocupações com substituições devido às leis que regem o serviço público, além de possibilitar que a FJBPC possa solicitar mudança de categoria entre os jardins botânicos do Brasil, passando da atual categoria “C” para a “A”.

O presidente da instituição também destacou os trabalhos que têm sido desenvolvidos pelo Departamento Técnico-Científico na pesquisa e conservação das espécies ameaçadas de extinção, em especial as pesquisas no Laboratório de Cultivo “in vitro”.

Dr. Lindolpho se mostrou satisfeito com o que viu e ouviu sobre os progressos do Jardim Botânico de Poços de Caldas e como sempre faz, se colocou à disposição para auxiliar no que for preciso, desejando vida longa à instituição e que ele possa seguir acompanhando este desenvolvimento.

Categoria: 
Conservação

Valid XHTML 1.0 StrictCSS válido!