PROJETO DE COMBATE A DENGUE NO JARDIM BOTÂNICO

Estudantes de Farmácia da Faculdade Pitágoras desenvolvem espécies que repelem o mosquito

A Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas (FJBPC), instituição de administração indireta da prefeitura do município Sul-mineiro, em parceria com a Faculdade Pitágoras concluiu, no último dia 14, o estágio com estudantes do 5º ao 10º período do curso de Farmácia na produção de espécies que repelem o mosquito Aedes Aegypti.

Durante um mês, mais de 20 graduandos de Farmácia da Faculdade Pitágoras, campus Poços de Caldas, estiveram no Jardim Botânico executando atividades práticas que foram estudadas a partir das disciplinas Fitoterapia e Farmacognosia, ambas com a finalidade de estudar o uso e características de substâncias naturais.

Auxiliados pela equipe do Departamento Técnico-Científico da FJBPC que disponibilizou materiais, estrutura e suporte técnico para o desenvolvimento do projeto, o grupo colocou em prática o conteúdo visto em sala de aula e, com estudos, desenvolveu espécies que repelem o mosquito que transmite a dengue, o zika vírus e a chikungunya. Durante o período de estágio nas instalações do Jardim Botânico, os universitários desenvolveram a citronela, manjericão e alecrim.

Conclusão do Projeto

Para marcar a conclusão dos estudos e trabalhos desenvolvidos, o grupo da Faculdade Pitágoras, juntamente com a equipe da Divisão de Educação Ambiental (DEA) da FJBPC, realizaram a entrega dessas espécies ao público no dia 14, na Praça Pedro Sanches.

Orientados pela professora Juliana Carvalho, da disciplina de Fitoterapia, os estudantes explicaram a ação que foi desenvolvida, além de informar sobre as plantas e seu uso no combate ao mosquito, a importância de manter os cuidados em casa e no trabalho com água parada e, assim, evitar a proliferação.

Categoria: 
Educação Ambiental

Valid XHTML 1.0 StrictCSS válido!