PREFEITO ELEITO VISITA INSTITUIÇÃO

Comitiva, integrada pelo vice e integrantes da equipe de transição, foi recebida pelo presidente e pelo assessor de imprensa da FJBPC

O prefeito eleito nas últimas eleições para o mandato 2017/2020, Sérgio Azevedo, visitou, recentemente, as instalações da Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas (FJBPC), instituição da administração indireta da Administração do município Sul mineiro. Ele esteve acompanhado de seu vice, Flávio Faria, do coordenador de sua equipe de transição, Celso Donato, e da integrante da mesma equipe e servidora pública municipal há quase 30 anos, Ana Alice de Souza.

O futuro prefeito, que assume a cadeira de chefe do Executivo poços-caldense a partir de janeiro de 2017, foi recebido pelo presidente da FJBPC, Jorge Elias Jabur Júnior, e pelo assessor de Imprensa e Comunicação Social da instituição, jornalista P. A. Ferreira, no gabinete da Presidência.

Durante o encontro, os representantes da FJBPC buscaram colocar o prefeito eleito e sua comitiva a par dos avanços registrados durante a atual gestão da instituição, os trabalhos que foram e que estão sendo realizados, em especial pelo Departamento Técnico-Científico dentro do Laboratório de Manejo Vegetal “Décio Moraes Ribeiro” e, em particular, os avanços em pesquisas no Laboratório de Cultivo in vitro “Guilherme Moraes Ribeiro”, que são os mais modernos e bem equipados do interior do Brasil.

O prefeito eleito também foi informado sobre as obras realizadas, como o Complexo de Captação e Reservação de Água “José Aurélio Vilela”, que traduz em considerável economia no consumo de água tratada fornecida pelo Departamento Municipal de Água e Esgoto de Poços de Caldas (DMAE-PC) para irrigação das estufas e demais áreas da FJBPC.

Outros pontos foram enfatizados à comitiva do prefeito eleito, como a assiduidade e ampliação, de um ano para outro, dos repasses mensais pela atual Administração Municipal, algo que não ocorria em gestões passadas, recursos previstos no orçamento e que são utilizados para custeio da folha de pagamento e encargos sociais; recursos oriundos de convênios com empresas da iniciativa privada e com entes da administração pública municipal que são utilizados em investimentos, obras e pesquisas; e, algo que é considerado fundamental para a evolução da Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas, tanto em relação à mudança de categoria, passando da atual categoria “C” para a “A”, quanto, e principalmente, para seguimento das pesquisas, que é a aprovação do Plano de Cargos e Salários, uma vez que os atuais funcionários, em sua maioria, são profissionais contratados, só podendo prestar serviço público, conforme disciplina a lei, por no máximo dois anos, colocando em risco todo um trabalho voltado para a pesquisa da flora do Planalto de Poços de Caldas, em especial as espécies listadas em risco de extinção ou em extinção.

Terminado o encontro no gabinete da Presidência, o prefeito eleito e sua comitiva, acompanhados pelo presidente da instituição, pelo assessor de Imprensa e Comunicação Social, pelos diretores dos departamentos Administrativo-Financeiro e Técnico-Científico, respectivamente, Nilton Gonçalves Granato e João Paulo de Lima Braga, bem como pelo ex-diretor Administrativo-Financeiro da FJBPC, Bruno Figueiredo, foram apresentados aos funcionários de cada setor do Jardim Botânico e levados para conhecer todas as instalações, desde a sala destinada à Assessoria de Imprensa e Comunicação Social, onde antes existia um fogão à lenha, um forno de pizza e uma churrasqueira, até às estufas, depois de passar pelo herbário e pelos laboratórios de Manejo Vegetal e de Cultivo “in vitro”.

Categoria: 
Conservação
Educação Ambiental

Valid XHTML 1.0 StrictCSS válido!