Herbário Anders Fredrik Regnell

Acervo AFR – Herbário Anders Fredrik Regnell

 

            O acervo AFR é composto por uma diversidade de exsicatas (amostras de plantas secas, prensadas e montadas de forma especial para uma coleção botânica), tendo fundamental importância como material de pesquisas científicas, e levantamento da diversidade de espécies da flora regional.

            A planta amostrada passa por etapas até chegar ao herbário, a começar pela localização de um exemplar fértil (com flores e/ou frutos) importantes para a identificação da espécie. Após a coleta desse material, ele passa por um processo de herborização (conjunto de procedimentos de prensagem, secagem e preparação do exemplar botânico para inclusão a coleção).

Planta viva e exsicata da família botânica Callophyllaceae – Kielmeyera variabilisMart. & Zucc.

           

            O Herbário Anders Fredrik Regnell (AFR), da Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas apresenta atualmente em seu acervo mais de 4500 exsicatas, registradas e armazenadas em condições especiais de temperatura e umidade para sua conservação.

            Dentre as amostras de exsicatas encontradas no Acervo AFR, encontramos: Angiospermas (plantas vasculares com flores/frutos e sementes) e gimnospermas (plantas vasculares com sementes); Samambaias e licófitas (plantas vasculares e ausência de sementes); Briófitas (plantas avasculares, representada por musgos e hepáticas); Fungos e Coleção Etnobotânica (botânica e etnológica).

 

  

   Tabela I – Total de exsicatas do acervo AFR até 01/06/2020

           

            As angiospermas possuem maior representatividade no acervo, sendo 84% da coleção do herbário AFR. Dentre elas, as famílias mais expressivas e melhor representadas são: Asteraceae, Fabaceae e Poaceae, encontradas em todo Planalto de Poços de Caldas. Juntas elas somam 1.161 exsicatas de todo o acervo.

 Fig. 1 – Asteraceae Aspilia sp

Fig. 2 – Fabaceae Desmodium sp

Fig. 3 – Poaceae  Andropogon leucostachyus

(Exemplos de amostras vivas das famílias mais representativas)

 

E qual a importância do Herbário AFR?

  • Abrigar amostras da biodiversidade de plantas e de fungos;
  • Catalogar a diversidade de espécies da flora regional, ampliando o conhecimento sobre a florística e a distribuição geográfica;
  • Banco de dados do patrimônio vegetal, auxiliando nos apontamentos de remanescentes de vegetação nativa com potencial para preservação e restauração de áreas degradadas.
  • Oferecer suporte e apoio a atividades de ensino, pesquisa e extensão, fornecendo documentação para pesquisas botânicas, especialmente taxonômicas (técnica de classificação), florísticas, ecológicase agronômicas;
  • Atender à comunidade, mediante agendamento prévio, para fins pedagógicos e de educação ambiental;
  • Manter intercâmbio com instituições e coletores congêneres (similares) na busca e troca de informações técnico-científicas e na ampliação do acervo.

 

Curadoria do Herbário 

Referências Bibliográficas:

FIDALGO, O. & BONONI, V. L. R. Técnicas de coleta, preservação e herborização de material botânico. São Paulo: Instituto de Botânica. 1989.

 

GADELHA NETO, P. C.; PEIXOTO, L. A.; MAIA, L. C. Manual de procedimentos para herbários. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2013. 

Valid XHTML 1.0 StrictCSS válido!