FJBPC participa da consolidação do Sistema Nacional de Conservação da Flora .

 

A FJBPC está avançando para o reconhecimento e institucionalização do Sistema Nacional de Conservação Ex Situ da Flora, trabalho conjunto com a RBJB, conforme termo de cooperação celebrado entre estas instituições.

Este sistema foi lançado o ano passado por ocasião da Rio+20 e já conta com a adesão de 22 jardins e 106 especies do Anexo I da lista oficial de ameaçadas, conservadas em programas/coleções nestes jardins. O apoio da FJBPC foi fundamental para o start do sistema, com a montagem do stand da FJBPC/INHOTIM/RBJB, as palestras e a reunião inaugural do SNCES.

 

A FJBPC tem papel de destaque nesta iniciativa e o Jardim Botânico de Poços já é considerado o quarto jardim brasileiro em número de espécies ameçadas conservadas ex situ, em suas coleções.

É um panorama muito positivo e promissor, que está sendo reconhecido pelo Governo Brasileiro como um subsídio e contribuição para o atendimento da meta 8 da GSPC.

Em janeiro a FJBPC participou de uma importante reunião em Belo Horizonte, coordenada pelo ex Ministro de Meio Ambiente, José Carlos Carvalho, que está facilitando a tramitação desta iniciativa junto ao MMA.

A acolhida da proposta foi a melhor possível e envolvemos outras instituições para celebração de termos de cooperaçao técnica.

O CNCFLORA é uma destas instituições, e em reunião com seu coordenador, no dia 04 de março, conseguimos desenhar um documento colaborativo a ser assinado em abril, entre o Centro de Conservação da Flora e a RBJB. Centro Nacional de Conservação da Flora (CNCFlora) é referência nacional em geração, coordenação e difusão de informação sobre biodiversidade e conservação da flora brasileira ameaçada de extinção.

 

A relação de trabalho do Jardim Botânico de Poços de Caldas com a CNCFLORA data de 2010, tendo participado de diversos eventos, como Simpósios e reuniões de capacitação. A FJBPC configura um polo de conservação ex situ na região e já contribui com a política nacional da Secretaria da Biodiversidade e Florestas do MMA.

Contatos já foram feitos com a  IUCN, neste mesmo sentido e tivemos uma boa sinalização para que a nos associe à IUCN.

 

Este é um trabalho estruturante para os jardins botânicos brasileiros e  coloca a FJBPC numa posição de destaque e liderança no que se refere à conservaçao ex situ da flora.

 

Categoria: 
Conservação
Pesquisa
Projetos Especiais

FJBPC apóia a XXI Reunião dos Jardins Botânicos Brasileiros

 

 

A Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas está apoiando a realização da XXI Reunião dos Jardins Botânicos Brasileiros, que acontecerá em Joinville, nos dias 19 e 20 de novembro de 2012.

 

O tema deste ano é:

 

Jardins Botânicos Trabalhando em Redes frente às Mudanças Globais.

 

A programação foi elaborada de maneira participativa,  contando com  a colaboração dos jardins associados e enriquecida com as contribuições das Reuniões Regionais dos Jardins Botânicos que aconteceram durante 2012.

 

Essa é  a oportunidade de construir um programa de cooperação entre os associados,  partindo do pressuposto de que juntos  poderão compartilhar seus dilemas e encontrar caminhos e soluções inovadoras para seus desafios.

Categoria: 
Conservação
Pesquisa
Educação Ambiental
Projetos Especiais

FJBPC e RBJB participam da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

 

A Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas integrada às ações da Rede Brasileira de Jardins Botânicos, participa da cerimônia de abertura da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em Brasília ( 16/10).

 

Nesta ocasião será lançado o Programa de Compensação das Emissões de CO2 por conta das atividades desenvolvidas pelo MCTi na Rio + 20, quando a FJBPC e RBJB se fizeram presentes no Armazém da POP Ciência Rio + 20.

 

Será assinado um Protocolo de Intenções definindo o papel da Rede neste Programa.
 
O que a Rede vai oferecer :
 
1. Cultivo e produção de exemplares arbóreos de qualidade , com controle e certificação de origem, privilegiando as especies ameaçadas.
2. Adequação dos espaços e ambientes para este plantio, seja nos domínios dos jardins botânicos associados, seja nas unidades de conservação, parques urbanos , reservas legais em propriedades rurais e arborização urbana, em todos os biomas brasileiros.
3. Fornecimentos das mudas ( exemplares ) em quantidade , qualidade e principalmente diversidade genética para o plantio.
4. Planejamento de plantio e gestão do plantio, com a tercerização de alguns serviços.
5. Criação de Coleções Científicas de Plantas Vivas à partir destes exemplares e seu monitoramento.
6. Manejo e Conservação dos exemplares por um período de no mínimo 10 anos , com o controle fitossanitário e reposição de mudas durante este período.
 
O que o País ganha, e consequentemente a RBJB, os jardins e a Estratégia Global de Conservação de Plantas:
 
1. O incremento das coleções de plantas vivas, que constituirão bancos de germoplasma ex situ, herbários vivos, contribuindo para a conservação destas espécies.
2. A criação de acervo propiciando a criação de novos jardins botânicos.
 
 
 
Há de se destacar que o objetivo exclusivo deste plantio será para compensar as emissões do evento realizado na Rio + 20 pelo MCTi.
O propósito inicial é este, mas ao utilizar o protocolo de cultivo e propagação destas espécies para constituição de coleções de plantas vivas, estaremos agregando um novo valor, que não só a simples compensação das emissões.
 
Estes arboretos, que serão criados e implantados em todo país, integrarão o Sistema Nacional de Conservação Ex Situ da Flora ( que foi lançado pela Rede na Rio +20, no Armazém). Este programa é uma continuidade deste sistema, além de uma aproximação estratégica com o MCTi
.
 
Veja no nosso site a apresentação deste sistema :
 
http://www.rbjb.org.br/content/apresentação-oficial-do-sistema-nacional-de-conservação-ex-situ-da-flora
 
Veja também a experiência do Jardim Botânico de Poços de Caldas num projeto semelhante com o GBS/ALCOA:
 
http://www.jardimbotanicopocos.org/node/513 
 
Categoria: 
Conservação
Pesquisa
Projetos Especiais
Categoria 2: 
GBS Alcoa

FJBPC APOIA I REUNIÃO REGIONAL NORDESTE DE JARDINS BOTÂNICOS

 

Acontecerá no início de setembro a I Reunião Regional Nordeste de Jardins Botânicos em Recife | PE. 

A coordenação do evento está à cargo do Dr. Carlos Augusto Pereira, atual Gerente do JB do Recife, um entusiasta desta iniciativa, e grande liderança para este evento.

O Coordenador terá como atribuições planejar o evento, mobilizar as instituições, buscar apoio, sensibilizar os dirigentes e órgão públicos afins, além de representar os interesses da RBJB para atingir os objetivos da Reunião.

Categoria: 
Conservação
Projetos Especiais

Lançamento do Sistema Nacional de Conservação Ex situ ( SNCEs)

 

SISTEMA NACIONAL DE CONSERVAÇÃO EX SITU ( SNCEs)

Subsídios para o cumprimento das metas da “Estratégia Global para a Conservação das Plantas” (GSPC)*

*META 8

“Criação de coleções ex situ (fora do seu habitat natural) de pelo menos 75% das espécies ameaçadas, preferencialmente no país de origem e, pelo menos 20%, deverão estar disponíveis para programas de reabilitação ecológica até 2020”.

 

       O ponto alto da participação da RBJB na Rio + 20, foi o lançamento oficial do SISTEMA NACIONAL DE CONSERVAÇÃO Ex Situ ( SNCEs), que aconteceu na segunda 18, no Armazém 4 | MCTi | Rio + 20 .

 

 

Categoria: 
Conservação
Pesquisa
Projetos Especiais

Valid XHTML 1.0 StrictCSS válido!