PROJETO DE COMBATE A DENGUE NO JARDIM BOTÂNICO

Estudantes de Farmácia da Faculdade Pitágoras desenvolvem espécies que repelem o mosquito

A Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas (FJBPC), instituição de administração indireta da prefeitura do município Sul-mineiro, em parceria com a Faculdade Pitágoras concluiu, no último dia 14, o estágio com estudantes do 5º ao 10º período do curso de Farmácia na produção de espécies que repelem o mosquito Aedes Aegypti.

Durante um mês, mais de 20 graduandos de Farmácia da Faculdade Pitágoras, campus Poços de Caldas, estiveram no Jardim Botânico executando atividades práticas que foram estudadas a partir das disciplinas Fitoterapia e Farmacognosia, ambas com a finalidade de estudar o uso e características de substâncias naturais.

Auxiliados pela equipe do Departamento Técnico-Científico da FJBPC que disponibilizou materiais, estrutura e suporte técnico para o desenvolvimento do projeto, o grupo colocou em prática o conteúdo visto em sala de aula e, com estudos, desenvolveu espécies que repelem o mosquito que transmite a dengue, o zika vírus e a chikungunya. Durante o período de estágio nas instalações do Jardim Botânico, os universitários desenvolveram a citronela, manjericão e alecrim.

Conclusão do Projeto

Para marcar a conclusão dos estudos e trabalhos desenvolvidos, o grupo da Faculdade Pitágoras, juntamente com a equipe da Divisão de Educação Ambiental (DEA) da FJBPC, realizaram a entrega dessas espécies ao público no dia 14, na Praça Pedro Sanches.

Orientados pela professora Juliana Carvalho, da disciplina de Fitoterapia, os estudantes explicaram a ação que foi desenvolvida, além de informar sobre as plantas e seu uso no combate ao mosquito, a importância de manter os cuidados em casa e no trabalho com água parada e, assim, evitar a proliferação.

Categoria: 
Educação Ambiental

JARDIM BOTÂNICO OBTÉM SUCESSO NA PRODUÇÃO DE ESPÉCIES AMEAÇADAS

Trabalho desenvolvido pelo Departamento Técnico-Científico buscar tirar espécies da lista vermelha

Desde o ano passado, a Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas, instituição de administração indireta da prefeitura do município Sul-mineiro, realiza trabalhos a fim de preservar as espécies da flora do Planalto de Poços de Caldas que estão ameaçadas de extinção. A equipe do Departamento Técnico-Científico, através de metodologias, visa tirar da lista vermelha as 14 espécies encontradas dentro do Planalto que estão em risco de desaparecimento.

A primeira fase deste trabalho foi identificar e catalogar estas espécies, incluindo seu mapeamento com o auxílio de um GPS. Posteriormente, foi iniciada a coleta de sementes destas espécies para a produção de mudas, muitas destas coletas são realizadas no município de Caldas. No caso das pteridófitas (samambaias), a equipe faz a coleta da própria planta, com a retirada de seus esporos, parte da samambaia usada para germinação, e levada para multiplicação no laboratório de cultivo in vitro da FJBPC.

Os trabalhos começaram no segundo semestre do ano passado, desde então a instituição vem obtendo considerável sucesso na produção de mudas de 9 espécies: o cedro-rosa, cedrinho-do-brejo, palmito-juçara, canela-sassafrás, pinheiro-brasileiro, catuabinha-do-campo e Sinningia striata (sem nome popular). Entre as pteridófitas, a Dicksonia sellowiana (xaxim verdadeiro)eaCheilanthes regnelliana (sem nome popular) foram as que conseguiram ser desenvolvidas.O próximo passo é usar estas mudas nos plantios de recuperação de áreas degradadas e a reintrodução na natureza.

Para conhecimento dessas espécies, o Jardim Botânico também irá lançar, em breve, um guia fotográfico com todas as 14 espécies ameaçadas para que haja colaboração da comunidade na preservação e conservação ambiental.

Instituição

Localizado à Rua Paulo de Oliveira, 320, Parque Véu das Noivas, zona Oeste de Poços de Caldas, o Jardim Botânico está aberto para visitas gratuitas de segunda a domingo das 10h às 16h, inclusive aos feriados.

A região é atendida pela linha Véu das Noivas/Vale das Antas da Circullare, concessionária do transporte coletivo urbano de passageiros, com saídas da esquina da Avenida Francisco Salles com a Rua Rio Grande do Sul a cada hora a partir das 6h20.

A instituição poços-caldense é destaque no cenário nacional, sendo detentora de considerável coleção de samambaias do país, bem como de orquídeas, antúrios, além de vasta propagação de espécies da flora do Planalto de Poços de Caldas e abrigar de um dos mais modernos e bem equipados laboratórios de manejo vegetal e cultivo “in vitro” do interior do Brasil.

Visitação

Tanto para a visitação orientada de grupos às instalações do Jardim Botânico de Poços de Caldas, quanto para a visita da Divisão de Educação Ambiental, através do “Jardim Botânico Vai à Escola”, projeto que faz parte do Programa Permanente de Educação Ambiental “Cultivando Minha Cidade”, o responsável pela unidade educacional pode entrar em contato para agendamento pelo telefone (35) 98427-2036 ou pelo e-mail educacaoambiental.fjbpc@yahoo.com.br, diretamente com a Divisão de Educação Ambiental.

Categoria: 
Conservação
Pesquisa
Projetos Especiais

JARDIM BOTÂNICO RECEBE VISITANTES DE DIVERSOS ESTADOS

Nos primeiros meses do ano a instituição já recebeu mais de 900 pessoas

A Divisão de Educação Ambiental (DEA) da Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas (FJBPC), instituição da administração indireta da prefeitura do município Sul-mineiro, em seus primeiros quatro meses do ano já conta com 937 visitações de forma espontânea, ou seja, pequenos grupos ou individualmente que visitaram a FJBPC sem a necessidade de agendamento prévio.

A instituição já recebeu visitantes, além da própria cidade de Poços de Caldas, vários de outros municípios mineiros, diversos municípios paulistas, como Campinas, Jundiaí, São João da Boa Vista, Guarulhos, Ribeirão Preto, além de turistas do Rio de Janeiro, Paraná, Cuiabá, Brasília, Florianópolis e Bahia.

O público recepcionado pela equipe da DEA é acompanhado por toda extensão do Jardim Botânico, recebe informações sobre o bioma e as espécies endêmicas do Planalto de Poços de Caldas e a importância de preservar e conservar a região que hoje abriga cerca de 30 espécies na lista vermelha com ameaça de extinção.

Os visitantes também conhecem as atividades de pesquisa desenvolvidas na instituição e os trabalhos realizados no Núcleo de Cultivo in vitro e no Herbário pela equipe do Departamento Técnico-Científico.

Durante a visita, o público transita pelas instalações do Jardim Botânico, as estufas de produção de espécies florestais nativas e cultivo de plantas de coleções temáticas como samambaias, orquídeas, bromélias, aráceas, antúrios, entre outras. Também são levados à estufa feita especialmente para os visitantes, que dispõe de lago artificial, além de toda flora presente na área da instituição, como o canteiro de plantas medicinais e espécies de cactos.

Além das visitações espontâneas, a FJBPC conta com as visitas agendadas para grandes grupos de unidades educacionais, entidades públicas e excursões interessadas em conhecer o local.

A equipe da DEA também desenvolve o projeto “Jardim Vai à Escola”, dentro do programa permanente de Educação Ambiental “Cultivando Minha Cidade”, na qual as escolas solicitam a visita e durante o período que permanecem na unidade a equipe ministra uma palestra sobre as espécies ameaçadas do Planalto de Poços de Caldas e, ao final do encontro, os alunos são convidados a fazer o plantio de uma espécie.

Visitações

Tanto para a visitação orientada de grupos às instalações do Jardim Botânico de Poços de Caldas, quanto para a visita da Divisão de Educação Ambiental, através do “Jardim Botânico Vai à Escola”, o responsável pela unidade educacional pode entrar em contato para agendamento pelo telefone (35) 98427-2036 ou pelo e-mail educacaoambiental.fjbpc@yahoo.com.br, diretamente com a Divisão de Educação Ambiental.

Instituição

Localizado à Rua Paulo de Oliveira, 320, Parque Véu das Noivas, zona Oeste de Poços de Caldas, o Jardim Botânico está aberto para visitas gratuitas de segunda a domingo das 10h às 16h, inclusive aos feriados.

A região é atendida pela linha Véu das Noivas/Vale das Antas da Circullare, concessionária do transporte coletivo urbano de passageiros, com saídas da esquina da Avenida Francisco Salles com a Rua Rio Grande do Sul a cada hora a partir das 6h20.

A instituição poços-caldense é destaque no cenário nacional, sendo detentora de considerável coleção de samambaias do país, bem como de orquídeas, antúrios, além de vasta propagação de espécies da flora do Planalto de Poços de Caldas e abrigar de um dos mais modernos e bem equipados laboratórios de manejo vegetal e cultivo “in vitro” do interior do Brasil.

Categoria: 
Educação Ambiental

FJBPC É DESTAQUE EM PUBLICAÇÃO DA FUNDAÇÃO ZOO-BOTÂNICA DE BH

Engenheiro florestal destaca a parceria com instituição de poços-caldense desde a escolha da área para sua instalação

 

A edição online de ontem, 02, da Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte (FZB-BH), instituição da administração indireta da prefeitura da capital mineira, destacou a visita realizada, na última quarta-feira, 27, pelo diretor Administrativo-Financeiro, Bruno Figueiredo, e pelo assessor de Comunicação Social, P. A. Ferreira, representantes da Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas (FJBPC), instituição da administração indireta da prefeitura do município Sul-mineiro, às suas instalações.

Com seus 25 anos de criação, a FZB-BH registra considerável experiência e sucesso na propagação de indivíduos tanto da flora regional quanto de outros biomas, além de abrigar vasto número de animais em seu zoológico, criado na década de 1950.

Na oportunidade, acompanhados pelo engenheiro florestal Fernando Fernandes, os delegados do Sul de Minas se reuniram com profissionais da área botânica para conhecer e discutir problemas em comum que são enfrentados no dia a dia, trocar experiências, traçar projetos e programar novos encontros.

Os representantes da instituição do Sul de Minas também visitaram as diversas estufas, conheceram o banco de sementes, os jardins temáticos, as estruturas e os arboretos.

Novos encontros e visitas devem ser agendados para acontecer até o mês de setembro deste ano.

Leia a íntegra da matéria publicada na edição online da FZB-BH através do link http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh/ecp/noticia.do?evento=portlet&pAc=not&idConteudo=233256&pIdPlc=&app=salanoticias.

Categoria: 
Educação Ambiental
Projetos Especiais

FJBPC PROMOVE II OFICINA DE DESENHO BOTÂNICO

Evento acontece entre os dias 16 e 24 de maio no Centro de Visitantes do Jardim Botânico e inscrições podem ser feitas online

 

Estão abertas, até o dia 12 de maio, as inscrições para a 2ª Oficina deDesenho Botânico que a Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas (FJBPC), instituição da administração indireta da Prefeitura de Poços de Caldas, município do Sul de Minas Gerais, promove entre os dias 16 e 24 de maio, das 18h às 22h, em seu Centro de Visitantes.

As vagas estão limitadas aos 20 primeiros inscritos e as inscrições gratuitas podem ser feitas online através do endereço http://goo.gl/forms/4F7JQrqfSQ. A Oficina será ministrada pela bióloga Rosane de Souza Dias, idealizadora o evento desde a primeira edição, realizada no ano passado.

Pioneira no Sul de Minas Gerais, esta iniciativa, em sua segunda edição, também é direcionada a estudantes e profissionais da área de biologia, engenharia agronômica, florestal e áreas afins, tendo o objetivo de desenvolver e capacitar o público participante na elaboração de desenhos de pranchas de caráter científico na área de morfo sistemática vegetal, envolvendo técnicas de grafite e tinta da china.

Para o presidente da FJBPC, Jorge Jabur, “a ideia é criar e oferecer condições que estimulem a formação de ilustradores botânicos aqui, na nossa região, abrindo, assim, um leque de oportunidades para se trabalhar a ilustração científica voltada para o entorno do Jardim Botânico a fim de registrar e divulgar suas especificidades em relação à flora do Sul de Minas, em especial do Planalto de Poços de Caldas”.

Para a ilustradora e idealizadora da Oficina, bióloga Rosane de Souza Dias, “a ilustração científica é um documento iconográfico, funcional, formatado para embasar porções de aprendizagens científicas, podendo ser considerado como outra forma sensível de produção de conhecimento”.

Ao longo desta 2ª Oficina de Desenho Botânico da FJBPC, os participantes terão todas as informações sobre o seguinte conteúdo:

- Noções preliminares do desenho;

- História e expoentes da ilustração botânica brasileira e internacional;

- Teoria e prática de luz, sombra, volume, perspectiva e escala;

- Teoria e coleta de material botânico;

- Linhas de construção e esboços;

- Técnicas de grafite e tinta da china;

- Terminologia botânica básica e caderno de campo;

- Elaboração de desenhos de pranchas de caráter científico na área de morfo sistemática vegetal; e,

- Composição de pranchas botânicas com utilização de exemplares do herbário e/ou exemplares vivos.

Instituição

Localizado à Rua Paulo de Oliveira, 320, Parque Véu das Noivas, zona Oeste de Poços de Caldas, o Jardim Botânico está aberto para visitas gratuitas de segunda à sexta-feira, das 13h às 16h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h.

A região é atendida pela linha Véu das Noivas/Vale das Antas da Circullare, concessionária do transporte coletivo urbano de passageiros, com saídas da esquina da Avenida Francisco Salles com a Rua Rio Grande do Sul a cada hora a partir das 6h20.

A instituição poços-caldense é destaque no cenário nacional, sendo detentora de considerável coleção de samambaias do país, bem como de orquídeas, antúrios, além de vasta propagação de espécies da nossa flora e abrigar de um dos mais modernos e bem equipados laboratórios de manejo vegetal e cultivo “in vitro” do interior do Brasil.

Categoria: 
Pesquisa

Valid XHTML 1.0 StrictCSS válido!